CORPO DIRETOR 2012 - 2014

Nossos agradecimentos aos ilustres colegas que prestaram valiosa contribuição para a consolidação dessa associação e para a modernização do comércio exterior brasileiro.
É motivo de muita honra para essa instituição ter sido representada por vocês!
Muito obrigado!

CORPO DIRETOR 2012 - 2014

Jansen Guerrera Esteves

VICE-PRESIDENTE

Iliana Padula Barone Coli

VICE-PRESIDENTE

Claudionor Lopes Silva

DIRETOR DE COMUNICAÇÕES

Luiz Cláudio Farias Carneiro

DIRETOR DE RELAÇÃO GOVERNAMENTAL

Jivago Bolognani

DIRETOR ADMINISTRATIVO / FINANCEIRO

Tawer Latanza

DIRETOR TÉCNICO

José Américo Nobile

DIRETORA TÉCNICA

Daniela Peroni Borges

DIRETOR TÉCNICO

Silvio Takeshi Kamogari

DIRETOR TÉCNICO REGIONAL

Gilberto João Oestreich

DIRETOR TÉCNICO REGIONAL

Elso Aparecido Barbosa Ferreira

CONSELHO FISCAL

RESPONSABILIDADES

  1. Administrar a A.E.R. de acordo com as diretrizes traçadas pela Diretoria;
  2. Representar a A.E.R., ativa e passivamente, em juízo ou fora dele;
  3. Convocar e presidir as reuniõess das Assembléias Gerais;
  4. Nomear procuradores, em conjunto com outro diretor, outorgando-lhes poderes para fins específicos e por prazo não superior a 48 (quarenta e oito) meses, com exceção dos poderes da cláusula “ad-judicia”, que poderão ser outorgados por prazo indeterminado, e para os quais observar-se-á o prescrito nos § 1º e § 2º do Artigo 3º. As respectivas procurações deverão vedar o substabelecimento, no todo ou em parte;
  5. Apresentar anualmente, à Assembléia Geral Ordinária o orçamento anual da A.E.R. e o relatório da Diretoria acompanhado de prestação de contas e do balanço anual;
  6. Assinar, conforme estabelecido nester estatuto, os documentos que impliquem em responsabilidades da A.E.R.;
  7. Dar o voto de desempate nas reuniões de Diretoria;
  8. Aprovar / nomear / contratar / promover / licenciar ou demitir funcionários da A.E.R., sempre mediante consulta e aprovação da Diretoria;
  9. Aprovar atividades de compra de ativos / viagens / serviços propostos pela Diretoria;
  10. Delegar a Vice-Presidência atribuições / atividades necessárias ao bom andamento da A.E.R.;
  11. Representar a A.E.R. perante aos meios de comunicação e órgãos governamentais, nos âmbitos federal, estadual e municipal, sempre alinhado com os interesses dos associados.

No caso de impedimento ou falta do Presidente, inclusive nas reuniões mensais da A.E.R., a sua substituição far-se-á de acordo com o seguinte critério:

  1. Vice-Presidente;
  2. Diretor de Administração / Finanças;
  3. Diretor de Comunicação;
  4. Diretor de Relações Governamentais;
  5. Diretor Técnico.
  1. Propor à avaliação da Diretoria a criação de Grupos de Trabalho;
  2. Coordenar os trabalhos dos Grupos de Trabalho;
  3. Apresentar à Diretoria e à Assembléia os resultados dos trabalhos dos Grupos de Trabalho;
  4. Representar a A.E.R junto aos órgãos governamentais em assuntos de ordem técnica e, em qualquer matéria, quando indicado pela Presidência;
  5. Representar o Presidente nas Assembléias Gerais e reuniões de Diretoria, na, ausência ou impedimento do Presidente e do Vice-Presidente, Diretor Administrativo/ Financeiro e Diretor de Comunicação;
  6. Manter a A.E.R. atualizada sobre toda a legislação pertinente ao RECOF e/ou Operador Econômico Autorizado, incluindo novas ferramentas desenvolvidas pelo Governo/ Softwarehouse;
  7. Elaborar documentos técnicos a serem apresentados ao Governo ou aos associados quando houver necessidade.
  1. Propor à avaliação da Diretoria a criação de Grupos de Trabalho;
  2. Coordenar os trabalhos dos Grupos de Trabalho;
  3. Apresentar à Diretoria e à Assembléia os resultados dos trabalhos dos Grupos de Trabalho;
  4. Representar o Presidente nas Assembléias Gerais e reuniões de Diretoria, na, ausência ou impedimento do Presidente e do Vice-Presidente, Diretor Administrativo/ Financeiro e Diretor de Comunicação;
  5. Elaborar e submeter à aprovação da Diretoria as rotinas operacionais da A.E.R.;
  6. Promover a movimentação de contas-correntes bancárias junto aos estabelecimentos de crédito do qual a A.E.R. é ou venha a ser correntista, emitindo, sacando ou endosando cheques e fazendo inversões financeiras, ou qualquer outro documento que implique em responsabilidades econômico-financeira da Associação, deverão ser assinados, no mínimo por dois Diretores;
  7. Analisar propostas de aquisição de ativos e serviços, submentendo aprovação da Diretoria/ Presidência.
  8. Validação e apresentação de balancetes e balanços e outros documentos pertinentes à área administrativa / financeira da A.E.R.
  1. Representar a A.E.R junto aos órgãos governamentais, nos âmbitos federal, estadual e municipal;
  2. Responsabilizar-se pelo acompanhamento de propostas sobre leis, normas e regulamentos de interesse dos associados junto aos órgãos governamentais;
  3. Acompanhar os trabalhos desenvolvidos pelos Grupos de Trabalho, em conjunto com os Diretores Técnico e Administrativo;
  4. Representar a A.E.R. perante os meios de comunicação, sempre alinhado com os interesses dos associados.
  1. Promover a Comunicação com as Empresas Associadas;
  2. Representar a A.E.R. perante os meios de comunicação, sempre alinhado com os interesses dos associados;
  3. Orientar as ações necessárias ao interesse das empresas junto aos órgãos governamentais, nos âmbitos federal, estadual e municipal.
  1. Examinar, semestralmente, as demonstrações financeiras da A.E.R., apresentando o seu parecer em Assembléia Geral.

PRESIDENTE
Iliana Padula Barone Coli

VICE-PRESIDENTE
Claudionor Lopes Silva

DIRETOR DE RELAÇÃO GOVERNAMENTAL
Luiz Claudio Farias Carneiro

DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO
Elso Aparecido Barbosa Ferreira

DIRETOR TÉCNICO
Tawer Latanza

DIRETORA TÉCNICA
Sandra Aparecida Gimenes Previatti

DIRETORA TÉCNICA
Carla Ribeiro

DIRETOR TÉCNICO REGIONAL
Carlos Darío Caruso

DIRETOR TÉCNICO REGIONAL
Kleber Cristiano Kido Martins

CONSELHO FISCAL
Antonio Carlos Federico